BLOG

AUDIÊNCIA E ENGAJAMENTO. QUAL É A DIFERENÇA?

É muito comum ouvir de pessoas que trabalham com mídias digitais, questionamentos sobre a importância da audiência e do engajamento.

São duas palavras intrinsecamente relacionadas com as redes sociais, como por exemplo facebook, instagram, twitter, linkedin entre outras.

A audiência, nas redes sociais, é medida pela quantidade de curtidas, pelo número de seguidores.

Inicialmente esse era o ponto mais importante para qualquer empresa que desejava ter sucesso nas redes: um grande número de curtidas ou seguidores.

E a relevância da audiência era tão expressiva que deu origem a um nicho de mercado, cujo objetivo é alavancar essa audiência. Um deles, o https://suba.me/, ainda é bastante utilizado para esta finalidade.

O problema é o meio que essas empresas utilizam para criar essa audiência. Muitas, por exemplo, criam perfis falsos que só servem para curtir/seguir páginas de empresas. Outras contratam pessoas para curtir/seguir as empresas.

A audiência se tornou, então, algo muito fácil de se conseguir, porém, também se percebeu que somente a audiência não é suficiente.

Primeiro porque esses perfis falsos não geram retorno financeiro para as empresas que, apesar de ter muitos seguidores, não percebem conversão efetiva em vendas.

Segundo porque é uma audiência vazia, afinal esses perfis são criados somente para curtir/seguir, deixando as páginas das empresas com muita audiência, mas sem nenhum tipo de troca de relacionamento.

São páginas com milhares de curtidas, mas quando a empresa faz uma postagem, apenas uma ou duas pessoas interagem e se engajam com a publicação.

Percebeu-se, então, que audiência sem engajamento é inócua, não gera retorno de imagem e muito menos, retorno financeiro.

O engajamento acontece quando há interação dos curtidores/seguidores com a empresa. Através de curtidas, comentários ou compartilhamentos, constrói-se um relacionamento.

Claro que não é fácil conquistar este engajamento. Demanda muito mais que posts com frases motivacionais, piadinhas ou compartilhamento de outras postagens.

Criar relacionamento com o público demanda tempo, conhecimento do mercado, empatia e uma comunicação adequada ao perfil dos seguidores.

Ou seja, demanda muita “inteligência mercadológica”.

Uma dica: Se você quer fazer bonito nas redes sociais e ter retorno sobre o valor que investe nelas, alie-se a quem entende do assunto e faz um trabalho sério.

por Sanny Quintana

Voltar